SUPERGIRL S02E09 | Expectativas demais!

Quem é mesmo fã do Homem de Aço (o personagem, não o filme) sabe que tempos atrás o diretor e produtor queridinho da DC Entertainment, Kevin Smith, pretendia fazer um filme chamado Superman Lives. Infelizmente ou felizmente – eu realmente não sei – o projeto do filme nunca saiu do papel. Porém, anos depois, com o novo Universo DCTV estabelecido na televisão, Kevin Smith foi convidado para dirigir um episódio da série Supergirl. Lógico que ele pensou a mesma coisa que você: adaptar o roteiro de Superman Lives para sua prima Kara Zor-El. Deu certo? Acredito que a resposta seja não.

vlcsnap-2017-01-25-15h20m11s38-300x169 Críticas Séries e TV Essa segunda temporada da série começou muito bem até mesmo com a presença do próprio Superman nos dois primeiros episódios. A produção conseguiu elevar consideravelmente o nível após ter sido transferida da CBS para o canal The CW, sendo assim, após anunciarem que K.Smith iria dirigir um dos próximos episódios, a expectativa dos fãs foi de zero a cem, pois ele já vinha feito um ótimo trabalho dirigindo dois episódios da série irmã, The Flash. Porém, o episódio Supergirl Lives foi de longe o episódio mais fraco dessa temporada, até agora, entregando uma história muito rasa e que não acrescentou praticamente nada a mitologia da série ou ao enredo principal. Após receber um pedido de socorro de uma mãe desesperada que tem a filha desaparecida, Supergirl decide investigar o caso e descobre que a filha desaparecida havia sido sequestrada por aliens e seria vendida junto com outros humanos como escravos, além de ser um episódio com uma história fraca até aqui, Supergirl acaba parando em um planeta de sol vermelho, o que tira seus poderes, ou seja, além de um roteiro ruim, não vemos a Garota de Aço usando suas habilidades na maior parte do episódio. O único ponto positivo e interessante desse episódio é a presença dos Dominators, raça que tentou invadir a terra e foi a grande ameaça do crossover INVASÃO que uniu todos os principais heróis do universo DCTV para enfrentá-los. Saber que eles ainda estão por aí gera esperança de outro futuro grande embate. Fora isso, parece que Kevin Smith, pelo menos dessa vez, não entregou tudo o que prometeu. Ou então somos nós, fãs, que atualmente não precisamos de muito para ficar com o “hype” lá em cima, somos?

Supergirl é transmitida toda segunda-feira nos EUA pelo canal The CW e no Brasil pelo canal fechado Warner Channel.

Denny Rodrigues

Quando criança, fui exposto a uma coleção de gibis radioativos me dando o conhecimento de todas as HQS do universo - Muahahaha!