SUPERGIRL – A Melhor estréia do Universo DCTV

Outubro finalmente chegou e com ele o retorno do universo DCTV: Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e agora a recém chegada na emissora CW, Supergirl. Conseguir público para Supergirl não era uma preocupação para o canal, pois ela ja vinha de uma temporada bem sucedida na CBS. No entanto, ainda era uma estréia no canal, então algo grandioso precisava ser feito para dar as boas vindas e traze-la “à casa dos heróis”, como a CW costuma chamar a sí mesma. Sendo assim, por que não trazer o maior herói de todos os tempos para a série? Senhoras, Senhores e Henry Cavill, a CW apresenta… o Superman!

tyler-hoechlin-superman-header-300x158 Críticas Séries e TV Quem não se lembra de poucos mêses atrás quando sairam as primeiras imagens de Tyler Hoechlin como Superman onde a internet simplesmente massacrou o cara? Talvez você até tenha sido um dos que fez isso. Apesar disso, críticas na internet são normais, afinal, na internet todo mundo se acha crítico (até eu que vos escrevo nesse exato instante essa crítica). Porém, nada melhor do que esperar os episódios saírem para tirar as conclusões definitivas, não é? Nessa segunda feira, dia 17, foi ao ar a segunda parte da parceria Superman/Supergirl e se havia alguma dúvida sobre o Superman da TV – “TV” com letras maiúsculas porque o nosso Presidente tem um ataque de nervos toda vez que vê um “TV” em letras minúsculas haha – elas acabaram nesse episódio. A vinda de Superman a Nacional City é algo muito tranquilo e não motivado por uma grande ameaça, como costuma ser para juntar heróis em filmes e outras séries. Do mesmo modo como o crossover Supergirl e Flash também não acabou fazendo os dois heróis brigarem entre si para ver quem é o mais badass como era a moda naquela momento (Batman v Supeman, Guerra Civil, Demolidor vs Justiceiro) eles viraram grandes amigos na hora e é esse o diferencial da série. Ela não é óbvia. Na verdade um foguete espacial tripulado acaba caindo e Superman e Supergirl se encontram por acaso pois os dois haviam visto a noticia na TV e sairam para o resgate ao mesmo tempo. Ao se encontrarem foi como encontrar um parente um amigo na rua, algo da rotina. Os dois curtiram e resolveram passear juntos e por acaso a história começa a se desenrrolar. É algo muito natural e bom de assistir. O Superman da TV não é tão assustador quanto o do cinema, ele é muito gentil e sorri a todos, abraça e comprimenta a todos e diz a eles o quão importantes eles são para o bem do planeta. Você se sente seguro com ele.
Você sorri quando ele sorri. É algo que há muito não se via desde o Superman interpretado por Chistopher Reeve.

Fora o Superman, a série também teve muita ação adicionada nessa temporada. Só a cena em que a Supergirl pega abala no ar ja vale o episódio. Foi badass. Outras introduções muito importantes para o desenrrolar da temporada, como o CADMUS se revelando ao mundo e declarando guerra aos aliens, que aliás eles acreditam ser somente Superman e Supergirl, desconhevlcsnap-2016-10-19-11h51m13s42-300x169 Críticas Séries e TV cendo ainda que o Marciano ainda está vivo e a chegada de Mon El em outra nave kriptoniana após a derrota de Myriad. Para enfrentar os heróis, o CADMUS prepara dois Metallos. Lutar contra eles exigiu mais do que trabalho em equipe de Superman e Supergirl, isso gerou uma batalha emocionante onde Superman lutou ao lado do Caçador de Marte e Supergirl ao lado de Alice usando um exoesqueleto energizado por kryptonita pura. Como isso poderia ser ruim? Assista!

Tirando o roteiro e focando nos números, o universo DCTV bateu mais um recorde, que até agora estavam todos com a audiência de THE FLASH, mas agora, Supergirl superou o velocista na audiência, provavelmente porque agora, além dos espectadores da CW, migraram os fãs que assistiam na CBS. A recepção do novo Superman na série foi tão boa que os produtores estariam considerando um spin-off com o novo Homem de Aço. David Ayer, diretor de Esquadrão Suicida comentou em entrevista que a Warnner teria problemas agora,pois o melhor Superman está na tela pequena e não na grande. E agora, Cavill? Não há duvidas de que Supergirl veio para acrescentar e muito ao universo das séries DC. Quais surpresas será que ela trará quando se juntar aos mais de 20 heróis do canal no megacrossover contra a invasão dos Dominators? É esperar para ver!

Supergirl é transmitida toda segunda-feira pela CW.

 

Denny Rodrigues

Quando criança, fui exposto a uma coleção de gibis radioativos me dando o conhecimento de todas as HQS do universo - Muahahaha!