Um Contratempo | Crítica


Um Contratempo (Contratiempo). Filme espanhol de 2016, escrito e dirigido por Oriol Paulo, que também foi responsável pelo excelente “El Cuerpo”, de 2012, além de ter sido roteirista em “Os Olhos de Júlia”, de 2010, que também é muito bom. Temos aqui um diretor competente que consegue prender muito bem a atenção de seu público.

Adrián Doria (Mario Casas) é um jovem empresário de sucesso, no auge de sua carreira, com uma família linda e a vida quase perfeita. Até que um dia, em um quarto de hotel, é atacado por um desconhecido. Ao acordar, sua amante está morta e rodeada de dinheiro espalhado pelo chão. O quarto estava trancado por dentro, e as janelas não poderiam ser abertas, já que os funcionários trancavam todas as janelas do hotel. Assim, Adrián torna-se o principal suspeito, e contrata Virgínia Goodman (Ana Wagener), uma excelente advogada, para lhe ajudar a reconstruir o que aconteceu naquele quarto.

Um-Contratempo-3-1 Críticas Filmes NETFLIX Para começar a entender a história, Virgínia pede a Adrián que lhe conte como foram seus últimos dias, e descobre um outro crime relacionado a ele. Adrián e Laura Vidal (Bárbara Lennie), sua amante, estavam voltando de uma região distante, após passarem uns dias juntos, e se envolveram um acidente de carro, que culminou na morte de um jovem rapaz. A partir daí inicia-se uma série de reviravoltas e versões desses dois crimes. A cada hora é apresentada uma versão diferente, e, de cada uma delas, conseguimos tirar certos pontos que nos fazem compreender o desfecho da trama. É um lindo jogo de verdades e mentiras, apresentadas em flashbacks, nos fazendo criar inúmeras teorias, uma atrás da outra.

O trabalho do elenco é muito bom. Ana Wagener está muito imponente, e até mesmo ameaçadora. Mario Casas não convence muito como um homem prestes a ser julgado. Era de se esperar um pouco mais de desespero. José Coronado está excelente como um pai de luto e buscando por respostas. Mas o grande destaque é Bárbara Lennie, que entrega toda a sua expressividade numa personagem que passa por medo, angústia, desespero e muitos outros sentimentos.

Um-Contratempo-2-1 Críticas Filmes NETFLIX O roteiro acerta em cheio, mantendo o suspense do começo ao fim, sem ficar parado ou enfadonho. O trabalho de montagem é muito eficiente e fundamental para manter a curiosidade do espectador. Em alguns momentos, o filme acaba sendo explicativo demais, como se nós precisássemos de tantos detalhes para entender perfeitamente a trama. Algumas frases a menos não afetariam a compreensão da película. Fora isso, é uma trama muito envolvente e bem estruturada, que certamente agradará aos fãs de um bom suspense.

Um Contratempo é uma história envolvente e repleta de reviravoltas, que prende a atenção do público e nos mostra que nem tudo é o que parece, além de retratar como uma mentira leva à outra, nos engolindo e consumindo, até não podermos mais aguentar.