Além do episódio | A chegada do que mais temíamos em This is Us


Já sabíamos da morte de Jack Pearson (Milo Ventimiglia) desde a primeira temporada e é impossível não chorar com o episódio 2×14 ”Super Bowl Sunday” do início ao fim.
Que sacada genial da NBC exibir um episódio tão importante após o Super Bowl, dia mais tradicional da família Pearson na série. Após sua exibição, o episódio é a atração pós-Super Bowl mais popular dos últimos seis anos, além do episódio de uma série do canal NBC mais popular dos últimos 13 anos.

https_2F2Fblueprint-api-production.s3.amazonaws.com2Fuploads2Fcard2Fimage2F2600232Faa592abef1f0447593b13211a686c29a Além do Episodio Críticas Séries e TV

This is Us é conduzida pela emoção, pela realidade nua e crua da vida e a morte do Jack foi assim.
Muito se especulava que o personagem morreria no incêndio, preso ao buscar o cachorro da Kate, e os roteiristas sem dúvidas surpreenderam o telespectador ao vê-lo morrendo no hospital, aparentemente bem.
E o maldito incêndio? Começou através de uma panela elétrica que inicialmente pode parecer uma coisa bizarra para uma série de TV. Mas a série é simples, retrata o cotidiano de uma família comum, que tem seus problemas e suas limitações, até porque: This is Us (estes somos nós).

Nada mais correto do que uma tragédia começar dessa forma, por uma coisa tão inesperada, afinal, a vida é assim.

3447246 Além do Episodio Críticas Séries e TV

Jack não era perfeito, mas beirava a isso. Um homem que antes de morrer limpa a cozinha (ep 2×13), salva os filhos, a esposa, o cachorro e ainda alguns pertences sentimentais para a família? Não sei o que é mais triste, a morte do personagem ou saber que ele é só um personagem.

Ah, e que mulher maravilhosa é a Rebecca (Mandy Moore). Com um desespero silencioso, se manteve firme porque amava os filhos e eles precisariam dela mais do que nunca. Atuação brilhante de Mandy o episódio inteiro, principalmente quando recebeu a notícia e se quer acreditou nela.

O jeito peculiar que os filhos lidam com a morte de Jack no presente também é comovente. Kate (Chrissy Metz) encontrou sua força em seu noivo, Randall (Sterling K. Brown) leva o legado de Jack na criação de suas duas filhas e Kevin (Justin Hartley) finalmente conseguiu se perdoar e despedir do pai.

O que me conforta (talvez) é que mesmo agora, não iremos nos despedir de Jack, pois ele ainda aparecerá em flashbacks.

Termino o post com as palavras de Randall, meu personagem favorito a respeito da morte do pai:
“ Quando se perde alguém… Quando se perde alguém inesperadamente, machuca… de um jeito diferente. Uma vez tive um dente infeccionado. Me acordou do sono no meio da noite. Foi uma dor maçante, latejante e excruciante, foi horrível. Mas então a dor mudou. Se tornou mais aguda. Como rajadas de dor que vieram do nada. Como um relâmpago. Uma perda inesperada é assim. É como um relâmpago que você nem vê chegando e te despedaçando.”

Sabrina Inácio

22 anos, Mineira e Cruzeirense. Apaixonada por séries desde Revenge! Instagram @alemdoepisodio