Critica Gratuita | Jurassic World 2 – Reino Ameaçado

Novos perigos ainda mantem a franquia viva?

Em Jurassic World 2 – Reino Ameaçado, acompanhamos os já conhecidos Owen (Cris Pratt) e Claire (Bryce Dallas Howard), que retornam à ilha Nublar para salvar os dinossauros restantes de um vulcão que está prestes a entrar em erupção. Eles encontram novas e aterrorizantes raças de dinossauros gigantes ao descobrir uma conspiração que ameaça todo o planeta.

Já sendo o quinto filme da franquia “dos dinossauros”, Jurassic World 2 não consegue se reinventar tanto.
O show fica por conta dos dinossauros, que seguem com um ótimo desing de produção.
Ameaçadoras, as novas “raças” trazem um frescor a franquia, mas não é o suficiente para salvar o filme de erros simples, como as cenas de ação sem impacto ou o uso fraquissimo do 3D, que definitivamente, não garante o valor mais caro do ingresso.

Um outro ponto a favor são os personagens carismáticos, incluindo a volta de um velho conhecido – caso não tenha o visto no trailer, deixarei a surpresa “viva”, OK? – mas no geral, não é o suficiente para prender atenção de um público mais adulto – lembrando que na trilogia “clássica”, temos diversos diálogos interessantes e que podem levar a um aprofundamento de conceitos como “teoria do caos” ou os questionamentos sobre “brincar de Deus”. Digamos que aqui, o foco é mesmo a ação que, por mais grandiosa que seja, não gera a tensão necessária para justificar o uso excessivo do recurso.

Jurassic World 2 é um prato cheio para quem curte dinossauros, isso é certeza. As novas raças são interessantes e bonitas, mas no geral, o filme perde ótimas oportunidades de entregar algo “a mais”.

Fique ligado também no canal do Critica Gratuita lá no YouTube!

Marcus Vinicius Rodrigues da Silveira

Pseudo crítico, amante de terror, suspense e sci-fi em geral, apresentador do Crítica Gratuita.