Além do episódio| Orange Is the New Black: 6ª temporada parece conduzir ao fim


Na quinta temporada vimos uma rebelião que gerou a transferência das detentas para o presídio de segurança máxima de Litchfield.

Já na 6ª temporada, disponível desde sexta (27) na Netflix, há uma investigação em curso para definir as envolvidas no assassinato de Desi Piscatella.

Orange-Is-the-New-Black-season-6-Is-this-main-character-about-to-QUIT-Netflix-series-819740 Críticas NETFLIX Séries e TV

No decorrer dos episódios, as personagens vão sendo separadas entre blocos. Dois deles vivem uma longa rivalidade gerada por duas irmãs: Carol e Barb, antigas conhecidas da Frieda. Aliás, descobrimos mais do passado interessantíssimo da personagem, e como as atitudes de Frieda refletem até hoje na prisão máxima. Eu com toda certeza assistiria um spin-off dela na sua juventude!

A rixa entre os blocos C e D conduzem toda temporada, introduzindo novos personagem, alguns desnecessários, diga-se de passagens. Nessa temporada os guardas também estão mais cruéis e detestáveis.

A temporada foi boa, talvez um pouco estranha, afinal, estávamos nos adaptando a grandes mudanças.

Houve também faltas. Algumas personagens foram para outros centros de detenção. Não apareceram em nenhum episódio e acabou ficando por isso mesmo.

medium-clean-1 Críticas NETFLIX Séries e TV

Carol e Barb

Duas vilãs detestáveis. Barb e Carol buscaram provocar uma carnificina entre grupos quando o objetivo principal delas era matar a Frieda e obterem vingança. O final foi irônico e surpreendente! As duas se matando em prol de uma história que nem ao menos era delas, só mostrou o quão doente elas eram.

tmp_GVdSBO_cdb6902e021eb0bc_oitnb Críticas NETFLIX Séries e TV

OITNB sempre com críticas excepcionais

O destaque maior foi Taystee. Danielle Brooks mais uma vez deu um show de atuação em todas as cenas. A carga emocional gerada pela morte da Poussey e da rebelião, chegaram ainda mais intensas nessa temporada. O discurso marcante e a reflexão trazida pela personagem é de uma tamanha crítica social, afinal, realmente NÃO EXISTE JUSTIÇA.

medium-clean-2 Críticas NETFLIX Séries e TV

Questionada em temporadas anteriores, Piper se redimiu

Piper deixou de ser o centro das atenções em OITNB e isso soou de forma muito positiva. A personagem começou a temporada desesperada sem notícias da Alex e foi melhorando desde o reencontro das duas.

Piper teve a feliz -talvez não tão feliz assim- notícia que iria sair mais cedo da cadeia. Seus momentos finais na prisão me fizeram refletir junto com ela, tudo o que ela deixaria para trás. A prisão é um inferno e ninguém quer estar nela, mas era a vida dela nos últimos tempos e ela deixaria o amor da sua vida lá por 4 anos, achei válido como fizeram a personagem refletir sobre aquilo.

Ahh, o kickball está de volta e isso graças a Piper Chapman! A cena final dela olhando as detentas se divertindo depois de ter lutado pra conseguir aquele espaço de recreação foi lindo demais.

medium-clean-4 Críticas NETFLIX Séries e TV

O casamento do ano

Piper e Alex tiveram um casamento simbólico e com algumas personagens de longa data. Foi bem fofo e ao mesmo tempo faz a cabeça explodir imaginando como vão conduzir o casamento e a distância agora das duas. 4 anos é muito tempo, será que Alex segue firme sem cometer nenhuma burrice para aumentar sua pena? Será que Piper conseguirá se manter fora da prisão?

medium-clean Críticas NETFLIX Séries e TV

Nicky Nichols melhor pessoa

Nicky passou por toda essa bagunça inteiramente sóbria. Teve a decência com a Red, tentou ajudar a Blanca ficar grávida, escolheu proteger a Lorna de entrar na bagunça e por fim conseguiu conscientizar todas sobre uma guerra desnecessária de gangues.

Com toda certeza, foi um dos maiores destaques da Season.

rs_1024x759-180705093320-1024.3-oitnb-s6.ch_.070518 Críticas NETFLIX Séries e TV

A temporada não foi perfeita…

Houve um inicio de desenvolvimento da guarda McCollough em depressão, que foi abandonada. Era um plot muito interessante de ser visto pelo outro lado da rebelião. Poderiam ter investido no plot, ao invés do destaque em cenas da Pennsatucky com o estuprador, como se nada tivesse acontecido. Bola fora de OITNB.

Mas foi cheia de detalhes…

Daya viciada, Aleida tentando recuperar os filhos, shippe da Gloria com o Luschek, Red com sede de vingança, Flaca sem Maritza, Cindy com peso na consciência, Lorna e sua gravidez… enfim, pequenos arcos que complementaram a série e a deixou gostosa de assistir, apesar de patinar em algumas histórias.

A Season Finale deixou várias perguntas e tristezas. Orange Is the New Black mais uma vez abordando o racismo, o vício, o sistema prisional falido e o machismo. Fora o final devastador com a Flores sendo deportada. Atual realidade nos EUA com os imigrantes.

Para muitos, pode ter sido uma temporada fraca, mas para mim continua tendo seus pontos altos que diferenciam a série. Talvez a próxima temporada seja a última, a história parece se encaminhar para o fim.

Confira o trailer da temporada:

Sabrina Inácio

22 anos, Mineira e Cruzeirense. Apaixonada por séries desde Revenge! Instagram @alemdoepisodio