Vagabond: A História de Musashi


Hoje vamos falar de uma obrigação para quem curte mangá. Já leram Vagabond? Se não leram, estão perdendo muita coisa.

Vagabond é escrito e desenhado por Takehiko Inoue, um dos grandes mangakas japoneses. Aqui, Inoue nos conta a história de Miyamoto Musashi, o maior samurai da história. Sim, Vagabond retrata uma história real, e o autor se baseia no livro Musashi, escrito por Eiji Yoshikawa, contando a história da vida de Musashi.

O mangá é um primor, a arte de Takehiko Inoue nos coloca no período de 1600 d.c., que foi a época em que Musashi viveu. A arte, quando se aplica nas cenas de luta e duelos de espada, são espetaculares. Mas é preciso ressaltar que estamos falando de uma obra que é bastante violenta, a vida do protagonista foi um tanto sanguinolenta, com vários duelos brutais ao longo da vida.

vagabond-300x127 Destaque Mangá

 

Mas se engana quem pensa que o mangá é para quem gosta apenas de artes marciais. Estamos falando de um personagem icônico da cultura moderna. É importante ressaltar a importância do espadachim na época. A filosofia de vida buscando se aperfeiçoar e a dignidade de se colocar diante de um combate mortal.

A cultura japonesa é riquíssima, e o jeito que a cultura do espadachim é abordada em Vagabond, supera diversas obras retratando o gênero. Aqui no Brasil, os direitos do mangá seguem com a Panini Comics que publica mensalmente a obra. Ao todo são 37 volumes. Recomendadíssimo para quem quer aprender um pouco mais de cultura e ler sobre um estilo de vida peculiar numa época mais peculiar ainda.

Vagabond é obrigatório!

Rodrigo Beauclair

Humor. Cinema. Leitura. Quadrinhos. Esportes. Doce de amendoim. Precisa de mais?