Critica Gratuita | A Noite de Jogo

Comédia com requinte na edição faz rir e traz um respiro para o gênero

Em “A Noite de Jogo”, acompanhamos Max e Annie, que participam de um grupo de casais que organizam noites de jogos. Quando Brooks – irmão de Max – visita a cidade e decide organizar uma festa, onde o jogo será de assassinato e mistério. Brooks é sequestrado, e os demais participantes da festa acreditam que tudo faz parte da misteriosa brincadeira. Os seis amigos competitivos precisam resolver o caso para vencer o jogo, cujo rumo vai se tornando cada vez mais inesperado.

 

Dizer que é um “ótimo filme de comédia” pode ser algo complicado de explicar nos dias de hoje. Afinal, assim como o terror, a comédia tem algumas variantes que tem seus públicos específicos.
Talvez, A Noite de Jogo se permita ser uma comédia que tenta inovar, senão nas piadas – todas muito bem encaixadas, diga-se de passagem – mas nos aspectos técnicos que envolvem o filme.
O elogio acima vai para os diretores – John Francis DaleyJonathan M. Goldstein  –  dupla que escreveu nada mais nada menos que o excelente Homem-Aranha: De Volta Ao Lar.
Aqui, mostram que é possível mostrar aspectos técnicos refinados e não tão habituais a comédia – temos um ótimo plano sequencia no meio do filme, ótimas sacadas no que se refere a movimentação de câmera e mesmo o modo como mostram a cidade, como se fosse uma maquete de algum jogo de tabuleiro.

No elenco, todos convencem como um grupo de amigos, destaque para o casal principal que demonstra uma química sensacional. Annie, interpretada por Rachel McAdams, encanta com as piadas suaves e trejeitos naturais, enquanto seu marido, Max, interpretado por Jason Bateman , convence como o cara competitivo que precisa vencer o irmão mais velho.

Boas piadas, ótimo ritmo, apuro técnico e um gostinho de “quero mais” fazem de A Noite de Jogo um filme surpreendente, que teve o “azar” de estrear em meio a Vingadores, Deadpool e Solo.
Para quem quer fugir de heróis ou spin-offs, fica aqui uma ótima opção!
Não recomendo pipoca por que a chance de engasgar por conta de muitas risadas é altíssimo!

Não deixe de acompanhar o “Critica Gratuita” no Youtube!

 

Marcus Vinicius Rodrigues da Silveira

Pseudo crítico, amante de terror, suspense e sci-fi em geral, apresentador do Crítica Gratuita.