Três filmes com fatos reais da Segunda Guerra Mundial

Filmes de guerra são sempre polêmicos, emocionantes, revoltantes, impactantes. Tudo isso porque a maioria dos filmes retratam uma realidade que o nosso mundo viveu em alguma época e que jamais gostaríamos ter vivido ou saber que aconteceu.

Por isso, hoje traremos três obras primas do cinema que retratam alguns dos momentos históricos durante a segunda guerra mundial. Nem todos os eventos foram reais, mas em todos os filmes ocorreram fatos reais que ocorreram durante a terrível segunda guerra mundial. Não será um top dos melhores, está em ordem cronológica. E cada um deles merece sua atenção se você for alguém que goste do tema.

 

Começando por A Lista de Schindler de 1993.

schindlers-list1-300x150 Filmes Lista

Dirigido pelo mestre Steven Spielberg, o filme te faz sentir um nó na garganta durante as três longas horas que se passa a trama. A história real de Oskar Schindler é impactante. Um homem que nasceu na antiga Morávia (atual República Tcheca) e depois de trabalhar em várias frentes, se juntou ao Abwehr, serviço de informação da Alemanha Nazi em 1936 e acabou se aliando ao partido em 1939. O filme se desenrola após isso, quando Schindler adquiri uma fábrica de utensílios na Polônia. A ideia dele em princípio é justamente lucrar com a guerra. Só que no meio disso tudo ele começa a empregar judeus e evita que eles sejam deportados literalmente para morrerem. Nisso, descobre que existe algo mais importante do que lucrar na guerra… que é a vida do próximo.

O filme é preto e branco, é lindo, uma atuação maravilhosa de Liam Neeson no papel principal e mostra uma humanidade em meio ao caos terrível muito bem retratado nessa obra. Ganhou Oscar de melhor filme, melhor diretor e é considerado por muitos o melhor filme do gênero de todos os tempos. Vale demais a pena.

 

Nosso segundo filme é de 1998 com o mestre Spielberg novamente na direção. Trata-se de O Resgate do Soldado Ryan.

582x0_1383170173-300x162 Filmes Lista

Talvez o primeiro filme de guerra que me impactou o suficiente para ficar fã do gênero.

E ele tem um início que é um dos mais fantásticos e um dos mais difíceis de assistir se você não tiver estômago. Trata-se do desembarque de tropas americanas na Normandia no famoso Dia D. O embate na praia de Omaha foi um dos cenários de guerra que mais vidas foram perdidas.

O protagonista é o capitão John Miller, interpretado de uma maneira que você olha e fala: se fosse outro cara atuando não seria tão bom. Tom Hanks sublime principalmente quando mostra a fragilidade interior que o seu protagonista tem.

A história é simples. A equipe do Capitão Miller foi designada para salvar um homem. James Francis Ryan (interpretado por Matt Damon) é o quarto irmão que perdeu os outros três irmãos na guerra. Esse passa a ser o motivo para a tropa de Miller continuar naquele inferno, resgatar Ryan.

O filme é maravilhoso e tem um final de te deixar com cebolas nos olhos. Spielberg ganhou como diretor aqui também.

 

E o terceiro filme é recente, de 2016. Trata-se de Até o Último Homem.

QC5PVi1-300x132 Filmes Lista

O filme é dirigido por Mel Gibson e tem Andrew Garfield como protagonista no papel de Desmond Doss. O filme baseado na história real de Doss, e é algo que me surpreendeu muito. Realmente não esperava uma qualidade que o filme alcançou. Mel Gibson foi genial e Andrew definitivamente fez emocionar.

A história de Doss é algo peculiar, principalmente por se tratar de uma guerra. O cabo era Adventista do sétimo dia e decidiu ir à guerra sem tocar em uma arma atuando como socorrista. Sim, Doss entendeu os motivos da guerra mas se recusava a tocar numa arma para tirar a vida de outro homem. E sim, ele conseguiu ir para guerra, para a Batalha de Okinawa (onde o desenrolar do filme se passa), uma das mais sangrentas, se não for a que mais tirou vidas. E ele salvou 75 homens sem tirar uma vida sequer.

É um filme tocante, um filme que te faz refletir tanto quanto os outros dois. E não pensem que é um filme religioso. É a história de um homem que respeitou o próximo através da sua fé e conseguiu exercer seu trabalho durante a guerra. Desmond Doss foi o único objetor de consciência da história a conseguir uma medalha de honra na guerra. Baita história num baita filme.

 

É isso, três filmes que irão trazer um conhecimento sobre acontecimentos reais durante a segunda guerra, tais como o Dia D, a Batalha de Okinawa e de certo modo a corrupção alemã nazista durante sua crueldade no período de guerra. Tudo isso através de histórias comoventes que valem demais a pena.

 

Abraços e até a próxima!

Rodrigo Beauclair

Humor. Cinema. Leitura. Quadrinhos. Esportes. Doce de amendoim. Precisa de mais?