Critica – Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica

Em comemoração aos 50 anos da série de Tv do Batman e Robin, a Warner Bros Rome Vídeo e a Dc Comics lançaram a animação retrô, “Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica”. Na noite do dia 10 de outubro de 2016 as exatas 20 horas, ocorreu a exibição unica da animação. A exibição foi possível graças a parceria do site Omelete e da rede de cinemas Cinemark, e nós do Tv e Pipocas fomos um dos privilegiados a assistirem o longa animado.

A animação se trata de uma sátira a clássica série de Tv intitulada como “As Aventuras de Batman & Robin”. Os desenhos e traços da animação remete muito ao traço dos anos 60 -A qual se passa a animação e a série de Tv- Os personagens -Batman, Robin, Pinguim, Mulher-Gato, Coringa, Charada, Gordon, Alfred, Chefe O’Hara e Tia Harriet- que vemos durante o longa foram baseados fisicamente de forma excelente nos astros que deram vida aos respectivos personagens na série original.

A dublagem de Batman e Robin são um dos fatos mais interessantes sobre a animação. Ambos são dublados por ninguém mais ninguém menos que Adam West Burt Ward, os atros que deram vida aos heróis nos anos 60. A história apresentada na animação nos da a sensação de estar em meio a um episódio da série de Tv;Nos distrai e nos faz sentir alegres devido as piadas as formas hilárias de Batman e Robin de desvendar um crime, ambos deixam Ben Affleck Christian Bale no chinelo com suas investigações. A comédia da animação é algo simples, e que consegue nos envolver durante toda a uma hora e dezoito minutos que passamos dentro da sala de cinema, a forma que os roteiristas usaram a famosa frase de efeito do Robin e os Bat-Objetos, são maneiras sutis de tirar nossas risadas.

Num contexto geral, O Retorno da Dupla Dinâmica é uma excelente homenagem para todos os fãs de longa data do homem morcego e do garoto maravilha. O DvD da animação tem previsão de estréia para 11 de novembro ainda deste ano.

Felipe Coelho

Carioca/Nerd/Cinéfilo/ Fotografo. Meu nome é Luiz Felipe Coelho, tenho 15 anos e sou um grande apreciador da sétima arte.

  • Wania Andrade

    Parabéns Felipe, sua crítica tão bem feita já deu vontade de assistir.