Serviços de Streaming e as mudanças de comportamento

Os estúdios Disney anunciaram, nesta semana, que irão retirar do catalogo da Netflix todos os seus títulos até 2019, e a internet foi à loucura, as pessoas não souberam lidar com a informação de que conteúdos tão importantes não estariam mais a sua disposição. Isto nos faz refletir sobre o papel que plataformas de mídia têm tomado no cotidiano de diversas famílias ao redor do mundo.

Nos últimos anos a TV a cabo, apesar de abranger um campo amplo de entretenimento e um mercado que cresceu muito no Brasil até meados de 2014, vem perdendo muitos de seus telespectadores para plataformas de streaming como Netflix, Amazon e HBO GO. Atribuímos essa mudança de comportamento á algumas razões, o custo é um divisor de águas, uma vez que estas plataformas tem um valor inferior ao de uma assinatura, serviços como a Netflix, já famosa por aqui, saem a partir de R$ 19,90. A crise também contribuiu para a queda da TV a cabo, o poder de compra das famílias diminuiu, e com isso os “mimos” também tendem a serem cortados.

O público também tem mostrado um interesse muito maior por novas formas de entretenimento, se antes nossos pais acompanhavam com fervor programas como Domingão do Faustão ou Programa do Gugu, hoje, as séries tomaram uma dimensão e uma paixão muito grande na vida das pessoas, episódios de séries como The Walking Dead e Game of Thrones comovem milhares de fãs ao redor do globo, no dia 16 de julho deste ano, a HBO transmitiu o primeiro episódio da 7º temporada de Game of Thrones, a transmissão simultânea rendeu 10, 1 milhões de pessoas assistindo a estreia. Serviços de streaming são resumidos, em quase todo seu conteúdo por séries ou filmes, então podemos afirmar que o interesse das pessoas, também motivou a migração para novas plataformas.

A quem diga que um serviço complementa o outro, já que estas plataformas não proporcionam conteúdo jornalístico ou esportivo, mas não podemos negar que está presente em praticamente todos os espaços, a emissora nacional Globo lançou o seu próprio serviço streaming, a Globo Play, que disponibiliza conteúdos específicos para os assinantes, além de programações renomadas.

O público é beneficiado com a variedade e qualidade dos serviços prestados, sejam eles plataformas digitais, televisão por assinatura ou até mesmo a TV aberta, a final todo conteúdo e grade é pensado em angariar o maior número de espectadores possível, assim o que assistir nunca vai faltar.

Thaisb

Jornalista, crítica e assessora. Paulista 25 anos, com sérios amores por livros, filmes e séries.