Hollywood | Atrizes acusam produtor de assédio

Há algumas semanas, um grande escândalo de assédio sexual tomou conta dos Estados Unidos, mais especificamente de Hollywood. Atrizes como Angelina Jolie, Gwyneth PaltrowJulianne Moore, Jennifer LawrenceCara Delevingne, acusaram o famoso produtor de cinema, Harvey Weinstein, de assédio, praticado ao longo de 30 anos. Segundo as atrizes, Weinstein se utilizava do poder e influência que tem na indústria cinematográfica para assediá-las e até estuprá-las, sob ameaça de comprometer suas carreiras caso elas não “colaborassem”. O ocorrido chamou atenção pela quantidade de denúncias feitas ao produtor, que vão desde convites inoportunos ao apartamento do figurão a relatos de estupro.

Tudo começou a partir das matérias publicadas pelo jornal The New York Times e pela revista The New Yorker, em que 13 atrizes e profissionais do cinema contaram sobre os assédios e abusos que sofreram enquanto trabalhavam com o produtor. A reportagem investigou e entrevistou as vítimas no período de dez meses, dentre elas a atriz italiana, Asia Argento, que foi forçada a fazer sexo oral com Weinstein.

Em decorrência das denúncias, ele foi demitido da própria produtora, The Weinstein Company, onde tinha o cargo de vice-presidente, e expulso da Academia de Hollywood. Além disso, Georgina Chapman, esposa e mãe dos dois filhos de Weinstein, pediu o divórcio após ter conhecimento dos relatos.

A lista de mulheres vítimas dos abusos do empresário continua crescendo e já ultrapassa 40 nomes. Campanhas nas redes sociais como a hashtag #MeToo (“#EuTambém”), iniciada pela atriz Alyssa Milano, mostram a indignação em relação ao caso e estimulam as mulheres da indústria de entretenimento a falar sobre os abusos e assédios sexuais que acontecem dentro desse meio. O produtor negou as acusações e afirmou que todas as relações sexuais foram livremente consentidas.

Harvey Weinstein é um dos maiores nomes do cinema nortamericano, responsável por sucessos como O Paciente Inglês, Pulp Fiction e Sexo, Mentiras e Videotape.

Jenas

Louca por games, animes, mangás, séries, filmes e tudo o que desperte (e alimente) minha imaginação. Ah, se eu pudesse fazer dungeons em carne e osso...