China proíbe entrada de filmes que promovam estilo de vida ocidental

Hollywood terá que se podar ainda mais se quiser continuar faturando na China. Segundo o The Guardian, o órgão governamental que regula a exibição de filmes e séries no mercado chinês será mais rigoroso em suas diretrizes. Em termos gerais, a proibição diz respeito às obras que promovam o “estilo de vida ocidental”, como hedonismo e outras formas de culto a valores “vulgares”.

“Eles também devem evitar colocar estrelas, bilionários ou celebridades de internet em pedestais; ou sensacionalizar relacionamentos, casos privados e disputas familiares”, instrui o documento. “Além disso, os produtos sociais e de notícias de entretenimento não devem promover a fama de um dia pro outro, desfile de riqueza ou hedonismo, egoísmo e intriga.”

O objetivo é claro: filmes e séries televisivas exibidos na China “devem ser repletos de ideologias convencionais e ‘energia positiva'”. Licenças podem ser revogadas se os exibidores burlarem o código moral previsto na diretriz.

Lucas Pereira

Lucas é um entusiasta da cultura Geek em geral: Filmes, séries, livros, música... E usa a tela de um computador para dizer tudo aquilo que pensa, ou seja, CUIDADO!